28.2. Adicionando uma Zona Mestre Inversa

Para adicionar uma zona mestre inversa, clique no botão Nova e selecione Zona Mestre Inversa. Indique os três primeiros octetos do intervalo do endereço IP a ser configurado. Por exemplo, para configurar o endereço IP de intervalo 192.168.10.0/255.255.255.0, indique 192.168.10 no campo Endereço IP (primeiros 3 Octetos).

Aparece uma nova janela, conforme a Figura 28-3, com as seguintes opções:

  1. Endereço IP — Os três primeiros octetos indicados na janela anterior.

  2. Endereço IP Inverso — Não-editável. Pré-definido baseado no Endereço IP indicado.

  3. Contato —Endereço de e-mail do contato principal da zona mestre.

  4. Nome do Arquivo — Nome do arquivo do banco de dados DNS no diretório /var/named.

  5. Servidor de Nome Primário (SOA) — Registro do estado de autoridade (state of authority - SOA). Isto especifica o nome do servidor que é o melhor recurso de informações para este domínio.

  6. Número Serial — O número serial do arquivo do banco de dados DNS. Este número deve ser aumentado cada vez que o arquivo é alterado, assim como os servidores de nome escravos para a zona recuperar os últimos dados. A Ferramenta de Configuração do Serviço de Nome de Domínio aumenta este número cada vez que a configuração muda. Também pode ser aumentado manualmente clicando no botão Definir próximo ao valor Número Serial.

  7. Configurações de Hora — os valores TTL (Time to Live) Atualizar, Retentar, Expirar e Mínimo que são armazenados no arquivo de banco de dados DNS.

  8. Servidores de Nome — Adicione, edite e apague servidores de nome da zona mestre inversa. É necessário pelo menos um servidor de nomes.

  9. Tabela de Endereços Inversos — Lista de endereços IP dentro da zona mestre inversa e seus nomes de máquinas. Por exemplo: para a zona mestre inversa 192.168.10, pode-se adicionar 192.168.10.1 na Tabela de Endereços Inversos com o nome de máquina one.exemplo.com. O nome da máquina deve terminar com um ponto (.) para especificar que é um nome completo de máquina.

Figura 28-3. Adicionando uma Zona Mestre Inversa

O Servidor de Nome Principal (SOA) deve ser especificado, e pelo menos um registro de servidor de nome (nameserver) deve ser especificado clicando no botão Adicionar na seção Servidores de Nome.

Após configurar a Zona Mestre Inversa, clique em OK para retornar à janela principal exibida na Figura 28-1. No menu suspenso, clique em Salvar para gravar o arquivo de configuração /etc/named.conf, gravar todos os arquivos de zonas individuais no diretório /var/named e fazer com que o daemon recarregue os arquivos de configuração.

A configuração cria uma entrada similar à seguinte no /etc/named.conf:

zone  "10.168.192.in-addr.arpa" {
        type master;
        file  "10.168.192.in-addr.arpa.zone";
};

Também cria o arquivo /var/named/10.168.192.in-addr.arpa.zone com as seguintes informações:

$TTL 86400
@       IN      SOA     ns.example.com. root.localhost (
                        2 ; serial
                        28800 ; refresh
                        7200 ; retry
                        604800 ; expire
                        86400 ; ttk
                        )


@       IN      NS      ns2.example.com.

1       IN      PTR     one.example.com.
2       IN      PTR     two.example.com.