15.4. Finalize a Configuração do Ambiente Sem Disco

Para usar a versão gráfica da Ferramenta de Inicialização da Rede, você deve rodar o Sistema X Window, ter privilégios root e ter o pacote RPM redhat-config-netboot instalado. Para iniciar a Ferramenta de Inicialização da Rede pela área de trabalho, vá para o Botão do Menu Principal (no Painel) => Configurações do Sistema => Configurações do Servidor => Serviço de Inicialização da Rede. Ou digite o comando redhat-config-netboot em uma janela de comandos (por exemplo, num XTerm ou num terminal GNOME).

Se for iniciar a Ferramenta de Inicialização da Rede pela primeira vez, selecione Sem disco em Primeira vez do Druid. Caso contrário, selecione Configurar => Sem disco no menu suspenso e então clique em Adicionar.

Aparece um assistente para guiá-lo através do processo:

  1. Clique em Próximo na primeira página.

  2. Na página Identificador sem disco, indique um Nome e Descrição para o ambiente sem disco. Clique em Próximo.

  3. Indique o endereço IP ou nome do domínio do servidor NFS configurado na Seção 15.3 assim como o diretório exportado como ambiente sem disco. Clique em Próximo.

  4. As versões do kernel instalado no ambiente sem disco estão listadas. Selecione a versão do kernel para inicializar no sistema sem disco.

  5. Clique em Aplicar para finalizar a configuração.

Após clicar em Aplicar, o kernel sem disco e o arquivo da imagem são criados baseados no kernel selecionado. Estes são copiados no diretório boot do PXE /tftpboot/linux-install/<os-identifier>/. O diretório snapshot/ é criado no mesmo diretório que root/ (ex.: /diskless/i386/RHEL3-AS/snapshot/) com um arquivo chamado files dentro dele. Este arquivo contém uma lista de arquivos e diretórios que devem ser leitura e gravação (read/write) para cada sistema sem disco. Não modifique este arquivo. Se precisar adicionar novas entradas à lista, crie um arquivo files.custom no mesmo diretório que o arquivo files e adicione cada arquivo ou diretório em uma linha separada.