9.5. Seleção de Pacotes

Use o comando %packages para começar uma seção do arquivo kickstart listando os pacotes que você quer instalar (válido apenas para instalações, já que a seleção de pacotes não é suportada em atualizações).

Os pacotes podem ser especificados pelo grupo ou pelo nome do pacote. O programa de instalação define vários grupos que contêm pacotes relacionados. Consulte o arquivo RedHat/base/comps.xml no primeiro CD-ROM do Red Hat Enterprise Linux para obter uma lista dos grupos. Cada grupo tem um id, valor de visibilidade do usuário, nome, descrição e lista de pacotes. Na lista, os pacotes marcados como obrigatórios são sempre instalados se o grupo for selecionado; os pacotes marcados como default são selecionados por default se o grupo for selecionado; e pacotes marcados como opcionais devem ser especificamente selecionados mesmo que o grupo esteja selecionado para ser instalado.

Na maioria dos casos, é necessário listar somente os grupos desejados e não os pacotes individualmente. Note que os grupos Core e Base são sempre selecionados por default, portanto não é necessário especificá-los na seção %packages.

Veja um exemplo da seleção de %packages:

%packages
@ X Window System
@ GNOME Desktop Environment
@ Graphical Internet
@ Sound and Video
dhcp

Como pode-se observar, os grupos são especificados, um em cada linha, começando pelo símbolo @, um espaço e então o nome completo do grupo conforme designado no arquivo comps.xml. Os grupos também podem ser especificados através de seus ids, como gnome-desktop. Especifique os pacotes individualmente sem caracteres adicionais (a linha dhcp do exemplo acima é um pacote individual).

Você também pode especificar quais pacotes não deseja instalar na lista de pacotes default:

-autofs

As opções seguintes estão disponíveis para a opção %packages:

--resolvedeps

Instale os pacotes listados e resolva as dependências de pacotes automaticamente. Se esta opção não está especificada e houver dependências de pacotes, a instalação automatizada terá uma pausa e questionará o usuário. Por exemplo:

%packages --resolvedeps
--ignoredeps

Ignore as dependências não resolvidas e instale os pacotes listados sem as dependências. Exemplo:

%packages --ignoredeps
--ignoremissing

Ignore os pacotes e grupos faltando ao invés de interromper a instalação para questionar se esta deve ser abortada ou continuada. Por exemplo:

%packages --ignoremissing