9.8. Disponibilizando um Arquivo Kickstart

Um arquivo kickstart deve ser alocado em uma das localidades seguintes:

Normalmente, um arquivo kickstart é copiado para o disquete boot ou disponibilizado na rede. A rede é o método mais usado, pois a maioria das instalações kickstart tende a ser executada nos computadores em rede.

Vamos dar uma olhada mais detalhada onde o arquivo kickstart pode ser alocado.

9.8.1. Criando um Disquete Boot com Kickstart

Para executar uma instalação kickstart baseada no disquete, o arquivo kickstart deve ser nomeado ks.cfg e deve estar localizado no diretório raiz do disquete. Consulte a seção Criando um Disquete Boot de Instalação do Guia de Instalação do Red Hat Enterprise Linux para obter instruções sobre a criação do disquete boot. Como o disquete boot tem formato MS-DOS, é fácil copiar o arquivo kickstart sob o Linux usando o comando mcopy.

mcopy ks.cfg a:

Alternativamente, você pode usar o Windows para copiar o arquivo. Pode também montar o disquete boot MS-DOS no Red Hat Enterprise Linux com o tipo de sistema de arquivo vfat e usar o comando cp para copiar o arquivo no disquete.

9.8.2. Criando um CD-ROM Boot com o Kickstart

Para executar uma instalação kickstart baseada no CD-ROM, o arquivo kickstart deve ser nomeado ks.cfg e deve estar localizado no diretório raiz do CD-ROM. Como um CD-ROM é somente-leitura, o arquivo deve ser adicionado ao diretório usado para criar a imagem gravada no CD-ROM. Consulte a seção Criando um CD-ROM Boot de Instalação do Guia de Instalação do Red Hat Enterprise Linux para obter instruções sobre a criação de um CD-ROM boot, mas, antes de criar o arquivo de imagem file.iso, copie o arquivo kickstart ks.cfg no diretório isolinux/.

9.8.3. Disponibilizando o Arquivo Kickstart na Rede

Instalações de rede usando kickstart são bastante comuns, porque os administradores de sistemas podem facilmente automatizar a instalação para muitos computadores em rede de forma rápida. Geralmente, a maneira mais usada é o administrador ter ambos, um servidor BOOTP/DHCP e um servidor NFS na rede local. O servidor BOOTP/DHCP é usado para dar ao sistema cliente sua configuração de rede, enquanto os arquivos usados durante a instalação são servidos pelo servidor NFS. Muitas vezes, estes dois servidores rodam na mesma máquina, mas isto não é necessário.

Para executar uma instalação kickstart baseada na rede, você precisa ter um servidor BOOTP/DHCP na sua rede e deve incluir as informações de configuração da máquina na qual está instalando o Red Hat Enterprise Linux. O servidor BOOTP/DHCP proverá suas informações de rede e a localidade do arquivo kisckstart ao cliente.

Se um arquivo kickstart é especificado pelo servidor BOOTP/DHCP, o sistema cliente tentará uma montagem NFS da localidade do arquivo e o copiará no cliente, usando-o como um arquivo kickstart. As configurações exatas variam dependendo do servidor BOOTP/DHCP que você usar.

Veja um exemplo de uma linha do arquivo dhcpd.conf do servidor DHCP:

filename "/usr/new-machine/kickstart/";
next-server blarg.redhat.com;

Note que você deve substituir o valor após filename pelo nome do arquivo kickstart (ou pelo diretório no qual o arquivo kickstart reside), e o valor após next-server pelo nome do servidor NFS.

Se o nome do arquivo retornado pelo servidor BOOTP/DHCP termina com uma barra ("/"), então é interpretado somente como a localidade. Neste caso, o sistema cliente monta esta localidade usando NFS e procura por um arquivo específico. O nome do arquivo pelo qual o cliente procura é:

<ip-addr>-kickstart

A seção <ip-addr> do nome do arquivo deve ser substituída pelo endereço IP do cliente com representação decimal pontuada. Por exemplo: o nome do arquivo de um computador com endereço IP 10.10.0.1 seria 10.10.0.1-kickstart.

Note que se você não especificar um nome de servidor, o sistema cliente tentará usar o servidor que respondeu ao pedido BOOTP/DHCP como se fosse seu servidor NFS. Se você não especificar uma localidade ou nome de arquivo, o sistema cliente tentará montar o /kickstart pelo servidor BOOTP/DHCP e tentará encontrar o arquivo kickstart usando o mesmo nome de arquivo <ip-addr>-kickstart, conforme descrito acima.